sexta-feira, 28 de abril de 2017

Programação da Semana de 30 de abril a 06 de maio de 2017



PROGRAMAS PRODUZIDOS PELA FASE TV:

Programa EM QUESTÃO
Tema: Racismo e Saúde Mental
O Brasil tem mais de 104 milhões de pessoas autodeclaradas negras. 52,9 % da população. É o país com o maior contingente de negros e negras fora da África. Mas nos indicadores sociais, essa parcela gigantesca da população aparece sempre em situação de desvantagem, em comparação à população branca. Isso quer dizer menos acesso à saúde, à educação, à moradia, à justiça, à renda. Tratamento diferenciado, discriminação, desvalorização. Tudo isso misturado tem um impacto psicológico que gera sofrimento e adoecimento. O episódio sobre Racismo e Saúde Mental conta com a participação do psicólogo e pesquisador, Pedro Almeida.
Em Questão: Domingo, 21h
                     Segunda, 15h
                      Terça, 20h
                      Quarta, 18h
                      Quinta, 12h
                      Sexta, 9h e 21h
                      Sábado, 12h e 18h
                
Programa ARTE & CULTURA                
Tema: Betto Pereira – Do Maranhão para o Mundo
Consagrado no cenário musical maranhense, o cantor e compositor Betto Pereira decidiu apostar em outra forma de expressão artística. E entre uma pincelada e outra, foi criando seu próprio universo. De forma autodidata, desenvolveu um estilo próprio, com telas bem coloridas e que retratam suas referências de vida. Na carreira de Betto, música e artes plásticas andam sempre entrelaçadas. Mas o lado pintor virou referência, ultrapassou fronteiras e projetou o artista, desde a exposição “Pedalando Cores”, apresentada no Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, em 2014.
Arte & Cultura – Domingo, 12h e 18h
                            Segunda, 18h
                            Terça, 9h e 21h
                            Quarta, 15h
                            Quinta, 20h
                            Sexta, 18h
                            Sábado, 9h e 21h
                           

Programa MINUTO FASE
Tema: Vamos falar sobre
A FMP/Fase abre as portas do campus para debater com a sociedade temas contemporâneos como o tempo na modernidade e os avanços tecnológicos. O projeto de extensão “Vamos Falar Sobre” prevê uma série de 5 encontros gratuitos, abertos ao público em geral, com mediação da psicanalista Virgínia Ferreira. As discussões acontecem sempre nas últimas quartas-feiras de cada mês, entre os meses de março e agosto.
Minuto Fase: Nos intervalos, ao longo da programação.



Programa AO REDOR
Tema: Sustentabilidade
O episódio apresenta três projetos de agências da ONU que aliam conservação ambiental e geração de renda: ecoturismo, na República Dominicana, produção de cacau orgânico, em São Tomé e Príncipe, e um programa de preservação florestal em Samoa.
Ao Redor: Terça, 14h30
                
Sexta, 10h
                 Domingo, 13h
          

FAIXA INTERATIVA

DOMINGO – ARTE & CULTURA – TRIBO DE GONZAGA
SEGUNDA – EM QUESTÃO – SÍNDROME CONVERSIVAS
TERÇA – ARTE & CULTURA – ETNOLOGIAS CULINÁRIAS
QUARTA – EM QUESTÃO –EQUIDADE
QUINTA – ARTE & CULTURA – CANTO LÍRICO
SEXTA – EM QUESTÃO – DEPRESSÃO
SÁBADO – ARTE & CULTURA – SOB EFEITO  
Faixa Interativa: Diariamente em quatro horários: 5h, 11h, 17h e 23h


PROGRAMAS PRODUZIDOS POR PARCEIROS DA FASE TV:


Programa TOME CIÊNCIA             
Tema: O mar do pré-sal
O petróleo descoberto abaixo da camada de sal do Oceano Atlântico, a sete quilômetros de profundidade, é visto como uma riqueza capaz de transformar a vida dos brasileiros. No país inteiro, começou uma discussão sobre o aproveitamento desses recursos. A Convenção do Mar estabelece que um país só pode exercer o direito de exploração da plataforma continental, e de seu subsolo, até um limite de 200 milhas náuticas a partir da base. A descoberta no pré-sal fez com que a ONU desse sinal verde para o Brasil incorporar, para além das 200 milhas, mais 712 mil quilômetros quadrados de extensão. Um aumento de vital importância para o país, mas que também aumenta a responsabilidade dos brasileiros contra acidentes e na preservação ambiental. Mas o que existe nas águas profundas do nosso oceano? Que recursos naturais temos para preservar? O Censo da Vida Marinha mostrou que só conhecemos 1% do que existe em nossos mares.
TomeCiência:Quarta,21h                                                                                                         Domingo, 15h

Programa LIGADO EM SAÚDE           
Tema: Depois da cirurgia bariátrica
A cirurgia não se encerra em si mesma. Uma rotina de disciplina, equilíbrio e cuidados específicos é fundamental para a manutenção dos resultados. Perder dezenas de quilos, recuperar a autoestima e incorporar, na rotina, hábitos saudáveis e esportes. Todas essas são conquistas comuns a pacientes que passaram pela cirurgia bariátrica (popularmente conhecida como redução de estômago) e hoje têm uma história de sucesso para contar. O procedimento não deve ser encarado como o último passo na busca por qualidade de vida. A redução de estômago é só a primeira etapa no processo de emagrecimento e apenas ela não resolve o problema. É preciso que o paciente passe por uma reeducação alimentar e comportamental completa. A apresentadora Marcela Morato conversa com o chefe do programa de cirurgia bariátrica da SES-RJ, Dr. Cid Pitombo, sobre o depois dessa cirurgia.
Ligado em Saúde: Terça, 8h
    Quarta, 14h       
    Domingo, 19h30


Programa CIÊNCIA & LETRAS                 
Tema: O Segundo Armário
O livro "O Segundo Armário: diário de um jovem soropositivo" foi escrito sob o pseudônimo de Gabriel Abreu, após o autor experienciar situações de preconceito e por receio de conversar sobre o assunto com as pessoas mais próximas. Estas também foram razões para o título do livro, o que denota a omissão de sua homossexualidade. Para falar sobre a publicação, o apresentador Renato Farias conversa com o autor, Salvador Correa, e com o ator e educador, Angelo Mayerhofer.
Ciência & Letras: Domingo, 14h
                             Segunda, 13h
                             Quinta, 19h30


Programa CANAL SAÚDE NA ESTRADA                                          
Tema: Muqui – Cachoeiro do Itapemirim - ES
Crescer com Saúde, uma experiência em educação nutricional é uma projeto que acontece em escolas municipais de Muqui-ES para o controle da obesidade infantil. As mudanças geradas na merenda e nas cantinas escolares estão ajudando a melhorar hábitos alimentares nas crianças e em suas famílias. Em Cachoeiro do Itapemirim, a realidade dos que têm dificuldades de locomoção mudou. O projeto IR e VIR Transporte Solidário oferece atendimento especial para os cadeirantes do município, garante a acessibilidade das pessoas com deficiência e contribui para sua inclusão social e exercício da cidadania.
Canal Saúde na Estrada: Segunda, 19h
                                         Sábado, 14h30


Programa EM FAMÍLIA                      
Tema: Ausência paterna  
Muitas vezes, a criança que é criada sem referencial masculino pode se tornar aversiva às ordens dadas por representantes femininos e outras figuras de autoridade. O modelo masculino se faz essencial na formação da personalidade da criança e do adolescente. É necessária uma figura de referência e de valores que possa criar um vínculo de afeto e estabelecer parâmetros de comportamento à criança. Este modelo pode não ser o pai biológico, mas outra figura masculina que dê este suporte, como um avô, um tio, o padrasto, por exemplo. É o caso de muitas mães que criam seus filhos longe deste pai biológico e que, no entanto, são crianças e adolescentes saudáveis por terem encontrado um outro modelo de referência. A apresentadora Yasmine Saboya conversa com o servidor público, Luiz Antônio França; a especialista em atendimento, Alessandra Galvão; e com a psicanalista, Maria Prisce Cleto Chaves sobre essa ausência paterna.
Em Família: Quarta, 16h
                    Domingo, 22h
           






Programa UNIDIVERSIDADE                            
Tema: Diálogos
O programa acontece no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro, e vai discutir sobre o que está em jogo na hora de dialogar com alguém. A importância de escutar, sentir, falar e transformar na hora de conversar com uma pessoa. Como o diálogo surgiu e a dificuldade dele estar no nosso dia a dia.
Unidiversidade: Quinta, 16h
                          Domingo, 14h30




Programa HISTÓRIAS DE MÃE
Tema: Lanche saudável e “Doutor Google”
No programa desta semana iremos mostrar que a criança pode ajudar a preparar o seu lanche, de maneira saudável. O episódio apresenta 3 receitas muito boas que você pode fazer em casa com o seu pequeno. Sabia que o Google realizou uma pesquisa e divulgou 20 perguntas mais buscadas na internet quando o assunto é criança? O Histórias de Mãe levou essas perguntas para a pediatra Maria Beatriz Ribeiro Eckhardt responder.
Histórias de Mãe: Quarta, 20h30
                              Domingo, 13h30


Programa FASE.DOC - ONU
Tema: Imprudência nas estradas: um assassino global
A imprudência no trânsito faz vítimas nas proporções de uma epidemia global: todos os anos, mais de 1,5 milhão de pessoas morrem nas estradas. Especialistas já descobriram meios de reduzir mortes e acidentes, mas será que estamos dispostos a mudar? Confira no documentário da TV ONU.

Tema: “O morador de rua não precisa só de comida, precisa de saúde e educação”
A falta de acesso a moradia é um drama crescente em todo o mundo. Neste 20 de fevereiro, que marca o Dia Mundial da Justiça Social, o Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) aborda o tema com uma reportagem produzida no Rio de Janeiro, onde cerca de 15 mil pessoas vivem sem acesso a moradia, segundo a Prefeitura do Rio.

Tema: Canadá: uma história de violência
O Canadá está passando por uma crise pouco divulgada. Desde 1980, mais de 1,1 mil mulheres e meninas indígenas foram assassinadas ou estão desaparecidas. O assassinato brutal de uma criança de 15 anos uniu a nação contra esse tipo de violência.
FASE.Doc: Terça, 18h
                 Domingo, 20h



Programa SALA DE CONVIDADOS
Tema: Reforma na previdência
A proposta de Emenda Constitucional 287/2016 ou “Reforma da Previdência” como é conhecida, apresentada pelo governo Michel Temer, tem dado o que falar. Foram décadas para se chegar ao modelo em vigor hoje, que mesmo com seus desajustes, permite ao segurado usufruir do benefício conquistado com a contribuição ao longo de sua vida de trabalho. O apresentador Paulo Bellardi conversa com a presidente da Comissão da Previdência Social da OAB/RJ, Suzani Ferraro e a doutora em Estudos Populacionais e pesquisadora do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), Ana Amélia Camarano sobre as propostas da emenda, a recente flexibilização do governo, o impacto das possíveis mudanças previstas na vida das pessoas e muito mais.
Sala de Convidados: Segunda, 21h
                                  Sábado, 15h


Programa: BATE-PAPO NA SAÚDE
Tema: Rio São Francisco – Margens em tensão
O programa vai falar sobre os impactos gerados pelas obras de transposição do Rio São Francisco em cinco estados nordestinos. A Fiocruz Pernambuco reuniu em um seminário pesquisadores em saúde, acadêmicos e representantes de diversas comunidades atingidas pelos canais do projeto.
Bate-papo na Saúde: Quinta, 8h30
                                   Sábado, 19h

  
Programa: CURTA AGROECOLOGIA
Tema: Chapada do Apodi – Morte e Vida
O episódio conta a história de trabalhadores rurais que vivem na Chapada do Apodi e que desenvolveram vários tipos de câncer por trabalharem com veneno.
Curta Agroecologia: Segunda, 16h
                                  Sábado, 22h



Veja também os noticiários: Resumo da ONU e Em Pauta na Saúde em quatro horários: 4h30, 10h30, 16h30 e 22h30

Troca de anéis de lata por cadeiras de roda

Este mês, integrantes do Projeto Anel de Solidariedade da FMP/Fase, juntamente com outros alunos da instituição, realizaram uma série de pesagens de anéis de lata, contabilizando até o momento 289,65Kg, que serão enviados para São Paulo para a troca pelas cadeiras de rodas. O projeto, criado em 2012, já arrecadou cerca de 90 cadeiras de roda, que foram doadas às instituições que se comprometeram a emprestá-las a pacientes com algum problema de mobilidade. Para realizar a sua doação, basta entregar o material no Centro Cultural da FMP/Fase (Av. Barão do Rio Branco, 1003 – Centro).
Mais informações sobre o projeto: http://www.fmpfase.edu.br/aneldeSolidariedade/




Campanha Anel de Solidariedade da Fase realiza nova entrega de cadeiras de rodas


Troca de aneis de lata por cadeiras de roda no projeto Anel de Solidariedade



A Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) realizou a entrega de mais seis cadeiras de rodas adquiridas através da Campanha Anel de Solidariedade, na tarde desta quinta-feira (27). Alunos da Escola Municipal Paulo Freire, unidade especializada no atendimento a estudantes com deficiência, receberam quatro cadeiras de rodas. O Instituto Imaculado Coração de Maria, que atende mulheres com necessidades especiais, em Paraíba do Sul, também foi contemplado com a doação de duas unidades.

“Essas cadeiras chegaram na hora certa. Esse ano nós recebemos mais alunos que necessitam do equipamento para participar das atividades na escola. Com a doação, 20 alunos serão beneficiados, pois como estudam em turnos diferentes, podemos revezar o uso das cadeiras. Eu não acreditava que lacres de alumínio poderiam ser trocados por uma cadeira de rodas. Agora, vendo o resultado da campanha, eu mesma aderi a esse projeto e comecei a juntar os lacres”, confessa Ana Lúcia Rocha, diretora da Escola Municipal Paulo Freire.

O projeto Anel de Solidariedade consiste na arrecadação de 140 garrafas PET cheias de anéis de lata para a troca por uma cadeira de rodas. Desde 2012, quando a campanha teve início, já foram doadas 80 cadeiras de rodas, o equivalente a mais de 07 toneladas de lacres de alumínio arrecadados. A iniciativa garante que pessoas carentes, com dificuldades de locomoção, possam ter seus direitos de ir e vir assegurados.


“Essa campanha vem de encontro ao Programa Institucional de Promoção de acessibilidade da FMP/Fase. A gente percebe que a cidade inteira está sensibilizada com o tema. Estamos muito preocupados com a questão da acessibilidade arquitetônica e atitudinal, que é esse movimento de fazer com que o outro perceba as diferenças, discuta e não tenha preconceitos, podendo se solidarizar. Essa campanha faz com que os nossos alunos façam a propaganda de solidariedade e se unam à sociedade em prol de um bem maior, que é ajudar e acolher essas pessoas que tanto precisam de ajuda para locomoção”, explica Ana Helena Tibiriçá, psicopedagoga da FMP/Fase.

Mais detalhes sobre o projeto: http://www.fmpfase.edu.br/aneldeSolidariedade/

Momento da entrega

Entrega realizada

Visitando a exposição

terça-feira, 25 de abril de 2017

Petrópolis sedia Congresso sobre educação médica


No último fim de semana, a Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP/Fase) sediou o V Congresso de Educação Médica da Regional da Associação Brasileira de Educação Médica (Abem RJ/ES). Representantes de 20 escolas médicas fluminenses participaram dos debates, ao lado de colegas de cinco instituições capixabas, englobando 15 cidades. Ao todo, 39 trabalhos foram apresentados durante o encontro.

"Este ano, a FMP completa 50 anos e o V Congresso da Regional ABEM RJ/ES faz parte das comemorações do nosso jubileu de ouro. A FMP sempre esteve ligada à ABEM, com um grande número de docentes e discentes que comparecem aos seus congressos. É uma honra e um prazer recebê-los para esse intercâmbio, essa troca de informações, que é benéfica e extremamente importante para todos", destaca Paulo Cesar Guimarães, diretor da Faculdade de Medicina de Petrópolis.

O tema do congresso da Abem RJ/ES 2017 foi “Educação Médica: presente para qual futuro?”. Outros assuntos também estiveram em discussão durante o evento, como “Ensino da saúde coletiva”, “Cenários de prática para integração ensino-serviço na urgência e emergência”, “Arte na formação pedagógica e na promoção de saúde”, “Lei do Mais Médicos”, “Metodologia ativa de aprendizagem”, “Modelos de docência: mentoria, preceptoria e tutoria”, “Interprofissionalidade”, “Residência médica” e “Tecnologia da informação”.

“Esse é um evento muito importante para a discussão dos desafios e tendências para a educação médica nos dois estados e também dentro do contexto nacional, pois traz temas relevantes para esses processos que as escolas estão vivenciando hoje em dia. Uma outra temática muito importante que foi abordada nesse congresso é a discussão da qualidade de vida dos estudantes de Medicina e as avaliações que têm acontecido hoje em dia dentro das escolas e os processos de avaliação das escolas médicas no Brasil”, salienta Márcia Hiromi Sakai, diretora-secretária da Direção Nacional da ABEM. 

Durante o congresso, também foi realizada a Olimpíada de Simulação Realística, que contou com a participação de alunos da FMP/Fase e de outras instituições de ensino. A competição consistiu em uma simulação de um cenário de prática diferente para cada grupo, onde os alunos precisaram examinar e diagnosticar corretamente o paciente, no caso um manequim, mediante as informações passadas pelos professores avaliadores. A olimpíada teve o apoio da ABRAMEDE (Associação Brasileira de Medicina de Emergência).

“A olimpíada foi um dos grandes diferenciais do congresso. Outro diferencial foi a realização de oficinas, que permitiram maior reflexão dos congressistas e a possibilidade da troca de experiências com participação ativa de discentes e docentes sobre vários temas de educação médica, ressalta Claudia Vasconcellos, diretora da Regional ABEM RJ/ES.

O evento foi aprovado pelos alunos, como Rafaela Bezerra Lima, do Centro Acadêmico de Medicina da FMP/Fase. "É muito bom ter alunos participando ativamente da construção desse congresso. Isso só mostra como é necessário que professores e alunos andem de mãos dadas na construção do conhecimento. Só assim teremos, de fato, uma educação transformadora, libertadora, que transcenda também esse congresso e vá para os cenários de prática, para as salas de aula", afirma.


Compondo a mesa, da esquerda para a direita, Representante da Direção Nacional da ABEM, Marcia Hiromi Sakai; Diretora da Regional ABEM – RJ/ES e professora da FMP/Fase, Cláudia Vasconcellos; Diretor da FMP, Paulo Cesar Guimaraes; Supervisora Geral da Fase, Maria Isabel de Sá Earp de Resende Chaves; Secretário Municipal de Saúde, Silmar Fortes; Douglas Vinícius Pereira, presidente da DENEM; e Rafaela Bezerra Lima, Representante do DASE da FMP/Fase

Compondo a mesa, da esquerda para a direita, Representante da Direção Nacional da ABEM, Marcia Hiromi Sakai; Diretora da Regional ABEM – RJ/ES e professora da FMP/Fase, Cláudia Vasconcellos; Diretor da FMP, Paulo Cesar Guimaraes; Supervisora Geral da Fase, Maria Isabel de Sá Earp de Resende Chaves; Secretário Municipal de Saúde, Silmar Fortes; Douglas Vinícius Pereira, presidente da DENEM; e Rafaela Bezerra Lima, Representante do DASE da FMP/Fase

Projeto Veras - A qualidade de vida do aluno de Medicina no Brasil



Olimpíada de Simulação Realística



Encontro entre PC&VB e Fase discute destino de Petrópolis


A valorização do destino Petrópolis foi o ponto chave de um encontro entre o presidente do Petrópolis Convention & Visitors Bureau, Samir El Ghaoui, e o representante da FMP/FASE, Afonso Resende Chaves, na manhã da última quarta-feira (19/4). A viabilização do centro de convenções foi colocada como prioridade para que a cidade tenha estrutura e capacidade para receber, não só os diversos eventos da instituição, como também de grandes empresas.

“Queremos estreitar as relações e manter o trabalho em parceria. Sem dúvidas o fortalecimento do destino Petrópolis é determinante para continuarmos atraindo os estudantes de outras cidades, e com eles suas famílias. Mas para isso precisamos de mais preparo. Não podemos esquecer que os nossos negócios dependem da estrutura que a cidade oferece”, destacou Samir.

Afonso Resende Chaves ressaltou que, atualmente, a instituição que este ano completa 50 anos, emprega diretamente cerca de 600 funcionários: “Queremos a continuidade e o crescimento da geração de emprego e renda para os petropolitanos”.

“Cerca de 80% dos nossos alunos do curso de Medicina são de outras cidades e escolhem Petrópolis, não apenas pela história e tradição da nossa instituição, como também pela segurança e qualidade de vida, que aqui encontram. Por isso, a estruturação e valorização do nosso destino é fundamental para continuarmos atraindo os estudantes. Queremos estar trabalhar juntos para agregar e ajudar a melhorar a imagem da nossa cidade”, completou Afonso.

A FMP/FASE é uma das 155 empresas, das áreas de hotelaria, gastronomia e outros serviços, que são mantenedoras do Petrópolis Convention & Visitors Bureau, que tem como principal função promover o turismo e a receptividade da cidade para convenções, visitações e diversas outras atrações.

Também estiveram presentes no encontro, o professor da Fase e representante da instituição no PC&VB, Paulo Reis e a diretora de eventos do PC&VB, Márcia de Paula.

FONTES: ASCOM E PC&VB.