sexta-feira, 23 de junho de 2017

Programação da Semana de 25 de junho a 1º de julho de 2017

PROGRAMAS PRODUZIDOS PELA FASE TV:

 

Programa EM QUESTÃO
    Tema: Sustentabilidade e Mídias Sociais
As redes sociais contribuem para a divulgação de ideias, boas práticas, conhecimentos, experiências e iniciativas de sucesso, na área da sustentabilidade. As pesquisas já mostraram que boa parte dos internautas e usuários de mídias digitais têm por hábito validar e difundir atos que consideram politicamente corretos. O Em Questão aborda o papel das redes sociais na construção de um conceito coletivo de sustentabilidade e em que medida as ideias debatidas nesses espaços de comunicação são capazes de fomentar mudanças e práticas na vida real. O programa conta com a participação da jornalista Sônia Araripe, diretora da revista Plurale, referência em meio ambiente e sustentabilidade.
Em Questão: Domingo, 21h
                     Segunda, 15h
                      Terça, 20h
                      Quarta, 18h
                      Quinta, 12h
                      Sexta, 9h e 21h
                      Sábado, 12h e 18h
                

Programa ARTE & CULTURA                
Tema: A Arte da Cerâmica (Até o dia 28/06)
A cerâmica como objeto artístico. Peças artesanais que são únicas. O programa mostra o trabalho de um grupo de ceramistas de Petrópolis, cidade que tem uma longa tradição nessa forma de arte. Até os anos 1960 e 1970, o município contava com algumas das mais prestigiadas casas de cerâmica do país. Naquela época, esse tipo de arte se tornou um forte atrativo para o turismo local e um importante gerador de trabalho e renda. Vocação que se mantém nos dias de hoje, com muitos ateliês atuantes.

Tema: Dança Alemã (De 29/06 a 03/07)
Cerca de 500 dançarinos, desde crianças de 5 anos até idosos, fazem parte da Associação dos Grupos Folclóricos Alemães de Petrópolis. Eles apresentam a dança tradicional alemã em eventos culturais na cidade e também em turnês pelo Sul e Sudeste do Brasil. Atualmente, existem 9 grupos em atividade na cidade, cada um com sua rainha e seus trajes típicos, inspirados em regiões da Alemanha e da Áustria. O ponto alto do calendário de apresentações é a Bauernfest, a festa do colono alemão, realizada todos os anos no mês de  junho, quando todos os grupos se revezam no palco montado no Palácio de Cristal para celebrar a cultura germânica, que faz parte da colonização de Petrópolis.

Arte & Cultura – Domingo, 12h e 18h
                            Segunda, 18h
                            Terça, 9h e 21h
                            Quarta, 15h
                            Quinta, 20h
                            Sexta, 18h
                            Sábado, 9h e 21h

                     
Programa MINUTO FASE
Tema: Conferência Municipal de Saúde Mental
A FMP/Fase sediou a 3ª Conferência Municipal de Saúde Mental. O encontro discutiu as diretrizes que deverão ser adotadas na cidade nos próximos anos. Foram discutidas questões como gestão e financiamento de programas, projetos e orçamento público, além do acesso, qualidade e humanização na saúde mental. Os estudantes da FMP/Fase também tiveram a oportunidade de participar das discussões. Uma experiência enriquecedora para quem, em breve, estará atuando profissionalmente no setor.

Tema: Formatura da Brigada de Incêndio
Um novo grupo de funcionários da FMP/Fase foi capacitado para atuar na brigada de incêndio da faculdade. Ao todo, trinta e duas pessoas receberam treinamento teórico e prático, em parceria com a empresa Previne. Os voluntários aprenderam as classificações de incêndio, instruções de como proceder em cada caso e como manusear corretamente os diferentes tipos de extintor. Esses profissionais, de diversos setores e unidades de saúde, estão prontos agora para atuar em casos de princípio de incêndio no ambiente de trabalho. Além do combate ao fogo, os brigadistas também estão aptos a orientar processos de evacuação de emergência e realizar primeiros socorros.

Minuto Fase: Nos intervalos, ao longo da programação.

Programa AO REDOR
Tema: Energia Solar/Ásia – Gastronomia/Peru – Aleitamento/China:
O programa mostra que a venda de sistemas individuais de energia solar vem disparando na Ásia, em substituição ao uso de combustíveis mais caros. O equipamento também está facilitando o acesso à educação. No Peru, uma revolução gastronômica está promovendo a valorização de ingredientes ancestrais, garantindo alimentos mais nutritivos nos cardápios e mais qualidade de vida para os agricultores tradicionais dos Andes. O episódio mostra ainda o vídeo de conscientização utilizado pelo Unicef e pela Organização Mundial da Saúde para incentivam o aleitamento materno.
Ao Redor: Terça, 14h30
                 Sexta, 10h
                 Domingo, 13h        
 

 

FAIXA INTERATIVA 

SEGUNDA: Arte & Cultura - Calebe Pimentel: Histórias com som e imagem.

TERÇA: Em Questão - Combate à Homofobia

QUARTA: Em Questão - Visibilidade LGBT + Arte & Cultura - Capoeira Especial: A Arte da Inclusão

QUINTA: Em Questão – Transexualidade

SEXTA: Arte & Cultura - Dançando com a alma: A intensidade das Bailaoras da Cia Flamenco de Mi Sierra

SÁBADO: Arte & Cultura - Caxote

DOMINGO: Arte & Cultura - Grupo Teatral Povo do Cafundó - Mergulho nas Tradições Populares

Faixa Interativa: Diariamente em quatro horários: 5h, 11h, 17h e 23h
 
PROGRAMAS PRODUZIDOS POR PARCEIROS DA FASE TV:
 
Programa TOME CIÊNCIA             
Tema: Inclusão no novo mundo digital
Ir ao caixa eletrônico e passar o cartão na máquina é algo aparentemente simples para quem assimilou o raciocínio de quem criou aquela máquina. Para quem se candidata a um emprego, o uso do computador pode ser decisivo na conquista da vaga. Atualmente, quem não tem acesso à internet ou ao uso de computadores é, de certa forma, um analfabeto; um analfabeto digital. Também chamada por alguns de apartheid digital, a exclusão digital ainda é uma realidade em nosso país: 100 milhões de pessoas ainda não acessam internet no Brasil, pelo menos até 2008, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Um desequilíbrio que levou o presidente Lula, no final de 2009, a afirmar que a inclusão digital, da mesma forma como a inclusão social, deve ser encarada como uma prioridade nacional, o que levou o governo a acelerar providências para implantar a banda larga em todo o país. Mas existem sinais de melhoras e o Brasil já tem a maior média mundial de tempo de acesso. O que não representa dizer bom uso das ferramentas, pois até a existência de computadores não garante necessariamente a qualidade do ensino. Os especialistas convidados debatem as formas de utilizar esse novo mundo das comunicações: inclusão digital, computador em sala de aula, programas livres ou nacionais, educação à distância e interatividade da TV digital. Afinal, como a tecnologia pode mudar nossas vidas? O conteúdo deste programa foi sugerido pela Sociedade Brasileira de Computação, que é vinculada à Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – a SBPC e, nesta condição, integra o conselho científico do Tome Ciência.
Tome Ciência: Quarta, 21h
                        Domingo, 15h

 
Programa LIGADO EM SAÚDE           
Tema: Terrorismo Nutricional
O programa discute se a preocupação excessiva com a alimentação também pode fazer mal à saúde e mostrar os impactos sociais e psicológicos da relação das pessoas com a comida. A apresentadora Marcela Morato conversa sobre o tema com a nutricionista Fabiane Alheira.
Ligado em Saúde: Terça, 8h
                  Quarta, 14h       
               Domingo, 19h30

 
Programa CIÊNCIA & LETRAS                 
Tema: Avaliação de Políticas e Programas de Saúde
O apresentador Renato Faria conversa com a médica, PhD em saúde comunitária pela Universidade de Illinois; e com a psicóloga doutora em saúde pública pela Ensp, Marly Cruz. As duas são as autoras do livro "Avaliação em Saúde - Dos Modelos Teóricos à Prática da Avaliação de Programas de Controle de Processos Endêmicos". A ideia do livro foi para acompanhar o programa de formação capitaneado por vários centros brasileiros para formar experts em monitoramento. Isso porquê o livro não só aborda aspectos teóricos metodológicos, mas também aborda a questão de como fazer.
Ciência & Letras: Domingo, 14h
                             Segunda, 13h
                             Quinta, 19h30

 
Programa CANAL SAÚDE NA ESTRADA                                          
Tema: PE - Recife / Quipapá, Escada e Camutanga
A equipe do Canal Saúde na Estrada foi a Pernambuco conhecer experiências bem sucedidas do Sistema Único de Saúde (SUS) na capital e no interior do estado. No Recife, o programa mostra um centro de referência do SUS no atendimento à mulher, o Hospital da Mulher do Recife, que realiza atendimento integral e humanizado às mulheres. Já no interior de Pernambuco, nos municípios de Quipapá, Escada e Camutanga, o Canal Saúde na Estrada conhece o Programa Estadual de Combate a Doenças Negligenciadas, que vem recebendo mais atenção com o projeto Sanar, dedicado desde 2011 a sete doenças negligenciadas, como a doença de Chagas e o tracoma.
Canal Saúde na Estrada: Segunda, 19h
                                         Sábado, 14h30


 
Programa EM FAMÍLIA                      
Tema: Relações abusivas
Agressões físicas e psicológicas podem fazer parte de uma relação abusiva e, ao contrário do que muitos pensam, relações abusivas não acontecem apenas nos relacionamentos amorosos. Infelizmente, também podem existir relações abusivas entre pais e filhos, irmãos, amigos, patrões e empregados e até entre colegas de trabalho. É sobre toda essa variedade de relações abusivas, como reconhecê-las e sair delas que a apresentadora Yasmine Saboya e nossos convidados conversam nesta edição do Em Família.
Em Família: Quarta, 16h
                    Domingo, 22h

      
Programa UNIDIVERSIDADE                            
Tema: Fake News - Na era da pós-verdade
Renato Farias conversa com nossos convidados sobre a era de notícias falsas no mundo digital.
Unidiversidade: Quinta, 16h
                          Domingo, 14h30


 
Programa HISTÓRIAS DE MÃE
Tema: Aleitamento Materno e Banco de leite
No Histórias de Mãe, será abordado o tema aleitamento materno e também como funciona o Banco de leite do Hospital Unimed.
Histórias de Mãe: Quarta, 20h30
                              Domingo, 13h30


 
Programa FASE.DOC – ONU
Tema: Heróis do Clima: Histórias de Mudança
O ator e embaixador da Boa Vontade do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), Ian Somerhalder, narra um documentário inspirador que leva o espectador a uma viagem por todo o mundo para conhecer as pessoas que estão agindo para frear a mudança climática.

Tema: Prevenção do suicídio: uma necessidade global
Mais de 800 mil pessoas morrem por suicídio a cada ano. Isso significa uma morte a cada 40 segundos. Muitos outros tentaram suicídio, e o suicídio é a segunda principal causa de morte entre as pessoas entre 15 e 29 anos de idade. A Organização Mundial da Saúde (OMS) convoca indivíduos, comunidades e países a agir agora para prevenir o suicídio.

Tema: ‘Eu tenho um cachorro preto e seu nome é depressão’
O termo “cachorro preto” ou “black dog” é uma metáfora usada desde o século XVII para descrever a lenda de um fantasma com olhos brilhantes, relacionado aos maus presságios e à morte em várias culturas. Essa expressão foi popularizada por Winston Churchill no século XX e começou a ser usada como sinônimo de depressão, transtorno que o ex-primeiro-ministro do Reino Unido enfrentou ao longo da vida.

FASE.Doc: Terça, 18h
                 Domingo, 20h
Programa SALA DE CONVIDADOS
Tema: Pessoas negligenciadas
Existe uma série de doenças no mundo que não recebe atenção e investimentos da indústria farmacêutica por atingir principalmente populações pobres e o tratamento delas não ser lucrativo. Elas são denominadas doenças negligenciadas. Doenças tropicais como a doença de Chagas, a malária, a leishmaniose e a esquistossomose estão entre essas enfermidades endêmicas em áreas pobres causadas por agentes infecciosos ou parasitas. Considerando que entre 500 mil e um milhão de pessoas morre anualmente no mundo por causa dessas doenças, e essa população pertence a uma mesma classe social, é possível dizer que existem pessoas negligenciadas. Participam do programa o coordenador do Instituto Nacional de C&T de Inovação em Doenças Negligenciadas (INCT-IDN) e do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS), Carlos Morel; a assessora de relações institucionais da organização Médicos Sem Fronteira no Brasil (MSF Brasil), Vitória Ramos, e o vice-Coordenador Geral do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS), Marcio Rodrigues.

Sala de Convidados: Segunda, 21h
                                  Sábado, 15h

 
Programa: BATE-PAPO NA SAÚDE
Tema: Práticas Integrativas no SUS
Atualmente o Sistema Único de Saúde oferece 19 práticas de tratamento alternativo e para saber um pouco mais, Marcela Morato conversa com a naturóloga e acupunturista, Neila Lopes Morais conversa sobre as Práticas Integrativas no SUS.
Bate-papo na Saúde: Quinta, 8h30
                                   Sábado, 19h


 

 
Programa: CURTA AGROECOLOGIA
Tema: Sementes e História / Coragem é um dom
A Região Centro-Sul do Paraná abrange basicamente a agricultura familiar e apresenta uma série de problemas em 90% da área. As principais questões são relativas à cultura do fumo, ao uso de agrotóxicos, às sementes transgênicas, como acontece com o caso do milho. Por outro lado, pequenos agricultores da região vêm desenvolvendo a conservação e a multiplicação das sementes crioulas, tanto de milho, quanto de feijão, arroz, trigo e batata. Eles estão tentando fazer com que essas variedades continuem garantindo a diversificação dentro das propriedades. No Sítio Girau, Remanso, Bahia, região muito seca, os criadores de animais retiram o leite das cabras para fazer queijos e vender, como meio de sobrevivência.
Curta Agroecologia: Segunda, 16h
                                 Sábado, 22h


 

Veja também os noticiários: Resumo da ONU e Em Pauta na Saúde em quatro horários: 4h30, 10h30, 16h30 e 22h30

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Estudantes de Medicina realizam atividade de promoção à saúde para crianças

Os novos alunos do primeiro período de Medicina da FMP/Fase já começaram as suas atividades externas. No início do mês, os estudantes realizaram uma ação de Educação em Saúde Bucal, na Creche São Francisco de Assis, para crianças na faixa-etária de 2 a 4 anos. Para ensiná-las, foi realizado um teatro de fantoche, onde os alunos demonstraram a importância da escovação, do uso do fio dental, explicaram o que é a cárie e a necessidade de ir ao dentista. A atividade foi organizada pela Unidade de Saúde da Estrada da Saudade, gerida pela faculdade, e fez parte da disciplina de Saúde e Sociedade I. 

Professores, alunos e equipe da unidade de saúde.


quarta-feira, 21 de junho de 2017

Fase disponibiliza bolsas sociais de 50%



A Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) está com inscrições abertas para o Vestibular 2017.2. Os interessados nas áreas de Nutrição, Administração, Enfermagem, Licenciatura em Enfermagem, Recursos Humanos, Radiologia, Psicologia e Odontologia devem ficar atentos, pois a prova para ingresso já neste segundo semestre está agendada para o dia 02 de julho.

A novidade para o período é que a faculdade está disponibilizando bolsas sociais de 50%. Também há vagas garantidas pelo Prouni e pelo Fies, além de 30% de desconto em todas as mensalidades para os interessados em efetuar transferência ou reingresso, exceto para o curso de Odontologia. Os candidatos ainda poderão optar pelo ingresso com a nota do Enem.

A Fase oferece ampla e moderna estrutura para o Ensino Superior, com o campus localizado em área privilegiada, próximo ao Centro Histórico de Petrópolis e em meio à natureza, com laboratórios de alta tecnologia e cenários de prática integrados à rede pública de saúde.

A faculdade é considerada pelo MEC como Instituição de Ensino Superior de excelência na Região Serrana do estado do Rio de Janeiro, com cursos de graduação bem-conceituados, além de cursos de pós-graduação e extensão, programas de residência e linhas de pesquisa em diversas áreas do conhecimento.


Os interessados devem realizar as inscrições até às 15h do dia 28 de junho, no site http://www.fmpfase.edu.br/vestibular/indexFase.asp, onde podem ser obtidas mais informações sobre formas de ingresso e financiamento. Também é possível entrar em contato com a Central de Relacionamento da Fase, pelo telefone (24) 2244-6471.
 

Vestibular Fase


Os interessados nas áreas de Nutrição, Administração, Enfermagem, Licenciatura em Enfermagem, Radiologia, Recursos Humanos, Psicologia e Odontologia devem ficar atentos, pois a Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase) está com as inscrições abertas para o vestibular 2017.2, para ingresso já no próximo semestre. Os candidatos têm até o dia 28 de junho, às 15h, para se inscreverem. A prova será aplicada no dia 02 de julho, no campus da faculdade. Também será aceito o ingresso com a nota do Enem e há vagas pelo Prouni e pelo Fies. A Fase ainda está ofertando bolsas sociais de 50% de desconto nas mensalidades, exceto para Odontologia. Mais informações no site: www.fmpfase.edu.br.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

FMP/Fase recebe certificado de acessibilidade

Na última quarta-feira (14), a direção da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) participou da solenidade de entrega dos Certificados e Selos de Acessibilidade Imperial, no Palácio Amarelo, oferecidos pela Câmara Municipal de Petrópolis às empresas e entidades que aplicaram iniciativas para garantir o acesso a prédios públicos e privados a quem tem mobilidade reduzida.
“Receber esse Certificado Imperial de Acessibilidade é uma honra para nós. A Faculdade de Medicina de Petrópolis, que em outubro completa seus 50 anos, vem investindo sempre para proporcionar a todos os seus alunos, professores e funcionários, as condições ideais de usufruir todos os seus serviços. A instituição vem investindo na acessibilidade, não só arquitetônica, mas também na pedagógica, que auxilia e serve como instrumento de acompanhamento do aluno no desenvolver do seu processo acadêmico”, explica Maria Isabel de Sá Earp de Resende Chaves, supervisora geral da FMP/Fase.
 
Ao todo, 11 empresas receberam a homenagem oferecida pela Câmara. O Selo Imperial é dado às instituições que permitem a acessibilidade parcial. Já as que cumprem exigências relativas à acessibilidade total, como é o caso da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase), são premiadas com o Certificado Imperial. A avaliação das indicadas é feita pela Comissão de Defesa das Pessoas com Deficiência e do Idoso.
“Por que o selo e o certificado? Porque você pode ter vários tipos de acessibilidade dentro do mesmo local e, assim, estimula a quem ganhou o selo a num próximo ano querer passar para o certificado. A gente tem que ter acessibilidade para todos, então, através desse prêmio, a gente está estimulando as pessoas a pensarem nisso.  A ideia é que cada vez mais a gente tenha acessibilidade na nossa cidade”, destaca a vereadora Gilda Beatriz, integrante da Comissão de Defesa das Pessoas com Deficiência e do Idoso.
A estrutura da FMP/Fase disponibiliza banheiros, telefones públicos, bebedouros e elevadores adaptados e oferece uma cadeira de rodas, que pode ter seu uso solicitado na recepção, além de vagas reservadas no estacionamento, balcões baixos, que permitem que um cadeirante possa usá-los, e cadeiras para canhotos e obesos nas salas de aula. Além disso, as entradas do elevador, as escadas e as rampas do campus contam com piso tátil. A FMP/Fase também mantém uma cartilha atualizada com orientações sobre acessibilidade no campus, disponível para consulta nos balcões de atendimento e no site da faculdade.
 
“O Certificado Imperial de Acessibilidade é, na verdade, um retorno de todo o trabalho que a comissão vem desenvolvendo na FMP/Fase com seus alunos e colaboradores que, além de oferecer a estrutura física adequada, trabalha a acessibilidade atitudinal, que é a conscientização de toda a comunidade acadêmica para que todos garantam acessibilidade a partir das suas funções originais no seu trabalho e no seu dia a dia”, destaca Ana Carolina de Sá Earp de Resende Chaves Carvalho, representante da Comissão de Acessibilidade da FMP/Fase.
 
Entrega do Certificado Imperial de Acessibilidade.
Na foto: Supervisora geral da FMP/Fase,
Maria Isabel de Sá Earp de Resende Chaves;  Vereadora Gilda Beatriz; E os membros da Comissão de Acessibilidade da FMP/Fase: Ana Carolina de Sá Earp de Resende Chaves Carvalho, Ana Helena Tibiriçá, Fátima Schmitt e Gislaine Dias.
 
Momento do discurso da Supervisora geral da FMP/Fase, Maria Isabel de Sá Earp de Resende Chaves.  

Momento do discurso da Supervisora geral da FMP/Fase, Maria Isabel de Sá Earp de Resende Chaves.