quinta-feira, 23 de março de 2017

Curso de Especialização do SUS

Capacitar os profissionais de saúde para que possam atuar como instrutores dos médicos residentes em cenários reais de prática. Esse é o objetivo do  Curso de Especialização em Preceptoria em Residência Médica, iniciado no último dia 22, na FMP/Fase. A abertura reuniu diversos profissionais da área e contou com a presença do diretor da Faculdade de Medicina de Petrópolis, Paulo Cesar Guimarães. O curso é realizado pela Sociedade Beneficente de Senhoras do Hospital Sírio-Libanês-SP, em parceria com a FMP/Fase,  o Ministério da Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde de Petrópolis. 


Da direita para a esquerda: Coordenadora de EAD da FMP/Fase, Ana Maria Rodrigues; Professor e diretor da FMP, Paulo Cesar Guimarães; Preceptora e Facilitadora do curso de Especialização do SUS, Patrícia Lefévre; e a Apoiadora Gerencial de Atenção Básica do Município de Petrópolis, Maria Zenith.

terça-feira, 21 de março de 2017

Fase oferece pós-graduação em Nutrição Clínica Funcional, Ortomolecular e Fitoterapia

Com o objetivo de capacitar profissionais para que possam atuar na prática clínica com conhecimentos atualizados em nutrição funcional e ortomolecular e adequados às demandas cada vez mais exigentes do mercado, em abril, a Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) dará início ao curso de pós-graduação em Nutrição Clínica Funcional, Ortomolecular e Fitoterapia.

 “O corpo docente da pós-graduação da FMP/Fase é altamente qualificado, com profissionais atuantes nas mais diversas áreas da nutrição. Essa pós-graduação capacita o nutricionista a reconhecer e instituir o diagnóstico e o tratamento nutricional de acordo com as necessidades individuais de cada paciente, com base nos avanços técnicos científicos dos princípios da nutrição funcional, ortomolecular e na prescrição de fitoterápicos, visando a promoção, a manutenção e a recuperação da saúde” explica a Mestre Cíntia Azara, coordenadora do curso de Pós-graduação da FMP/Fase.

A segunda turma do curso vai contar com maior carga horária de prática de atendimento nutricional, além da reformulação da grade que inclui o conteúdo de nutrição ortomolecular. A previsão é que as aulas tenham início em abril deste ano. Outras informações sobre o curso podem ser obtidas no site: www.fmpfase.edu.br, através do telefone (24) 2244-6471 ou por e-mail: posgraduacao@fmpfase.edu.br.


“O uso de plantas medicinais é uma prática milenar em saúde que veio crescendo e atualmente ocupa espaço inclusive na saúde pública do País. O reconhecimento da fitoterapia como prática terapêutica segundo as diretrizes das Políticas Nacionais de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) e de Plantas Medicinais e Fitoterápicos (PNPMF) despertou o interesse de diversos profissionais em incorporar conhecimentos que fundamentem essa prática e possa auxiliar seus pacientes no dia a dia” finaliza.

segunda-feira, 20 de março de 2017

FMP/Fase comemora 174 anos de Petrópolis com investimentos no Centro de Imagens do Hospital de Ensino Alcides Carneiro


No cinquentenário da Faculdade de Medicina de Petrópolis, a FMP/Fase comemora também o aniversário de 174 anos da fundação de Petrópolis e a inauguração dos serviços de ressonância magnética no Centro de Imagens no Hospital de Ensino Alcides Carneiro, realizada no dia 16 de março.

Por conta de sua vocação educacional, a Faculdade investe no setor de saúde da cidade e mantém intensa parceria com o maior hospital público do município, visando proporcionar a seus alunos ensino de excelência, beneficiando a população que usufrui desses serviços.

Com os investimentos de R$ 1,2 milhão da FMP/Fase, o Centro de Imagens do Hospital hoje conta com um tomógrafo e um mamógrafo e terá a capacidade de digitalização dos exames de raios-x e mamografia, e um Sistema de Arquivamento e Comunicação de Imagens para esses e outros exames, como os de tomografia, ultrassonografia e ressonância magnética.

A mudança do sistema analógico para o digital garantirá:

- Qualidade das imagens dos exames
- Economia de recursos financeiros e de espaço físico do hospital
- Rapidez na visualização dos exames e do diagnóstico médico

Esse é um presente da FMP/Fase, instituição que é referência nacional na educação em saúde, para os petropolitanos!

quarta-feira, 15 de março de 2017

Pela boa gestão da saúde

Ana Maria Auler, doutora em Saúde Coletiva e professora de Medicina, Administração e Odontologia da FMP/Fase

Saúde pública no Brasil é coisa séria, que merece respeito e mais informações sobre como tudo funciona. Ou deveria funcionar. A leitura do “Manual do(a) Gestor(a) Municipal do SUS” é dever de casa para os bons gestores, mas serve também como guia para quem deseja conhecer o sistema.

Acompanhei o trabalho de perto como pesquisadora do Laboratório de Pesquisa sobre Práticas de Integralidade em Saúde (Lappis), do Instituto de Medicina Social (IMS), da Uerj, parceiros do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Rio de Janeiro (Cosems-RJ) e do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems) na produção do manual. Como uma das autoras, entendo que ele pode ser um ótimo guia para gestores.

Mais enfermeiros, melhores partos

Míriam Heidemann
Coordenadora do curso de Enfermagem na Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP/Fase)

Neste mês dedicado à luta das mulheres, uma pauta não pode ficar de fora: a garantia ao parto seguro. Hoje, temos no Brasil índices alarmantes de morbimortalidade materna e infantil decorrentes da combinação de fatores biológicos, sociais e de falhas do sistema de saúde. Perdem a mãe, a criança e toda a sociedade diante de problemas tão graves.

Faltam maternidades e, quando existem ou estão abertas, há escassez de vagas, leitos, incubadoras, UTIs neonatal, remédios e, principalmente, profissionais qualificados.

(...)